AnimeSphere 80: Sword Art Online – Parte 1


E aí Otakus, otomes e similares! Trazemos a vocês mais um AnimeSphere!

E hoje um especial sobre a primeira temporada de um dos animes que mais faz a alegria da galera: Sword Art Online!! Não percam.

Reproduzir

Soundtrack:
Sword Art Online OST 1
Sword Art Online OST 2
Eir Aoi – Innocence
LiSA – Crossing Field
Luna Haruna – Overfly
Tomatsu Haruka – Yume Sekai
Yoshitsugu Matsuoka – Sword & Soul

Contato:
E-mail: contato@animesphere.com.br
Twitter
Facebook
Telegram

Agregadores:
Podflix
GoCastr
Ouvindo Podcast
Narrador
YouTuner
TeiaCast – Mundo Podcast

Páginas amigas:
Anime See
Guilda dos Mundos
Três Quartos Cego, Canal YouTube
Esquadrão Podcasts

Participantes:
Jorge
Twitter
Facebook
Instagram

Dan Endo
(Você acha em nosso grupo do Telegram)

Jeff
Facebook

Francisco – Master Miller
Facebook
Player Select

Podcasts Parceiros no Esquadrão:
Papo de Louco
Podcast Mundo Afora
RPG Next
TambaCast
Taverna do Beholder Cego
Will, Who Cast
Bloco 01
Le Pop Cast
Miserável e Medíocre
The NerdPub

Você pode gostar...

  • LunnaNowa Lannkaster

    Adorei mais um podcast de vocês.. ..voces alegram meu dia

    • Jorge Augusto

      É sempre bom ver que você se diverte com os nossos podcasts, Nowa-chan. Beijo!!

  • Tiago Ramos Melo

    Salve galera do AS, preparado para o login e falar de SAO e essa doideira de jogar RPG no mundinho virtual.

    Ao me deparar com o anime, pensei que seria algo só com fantasia e todos os elementos e tipagens de um anime nos moldes de RPG, mas quando comecei a ver direito, desde como o mundo futurista, o sistema do jogo, o “Filho Da Puta” do criador prender todo mundo e fazer um “cyber survivor” no jogo e ficar eternamente no jogo, fiquei meio que interessado por mais e continuar a ver essa primeira temporada. Tudo bem que a maior parte daquilo ficou mais na relação entre Kirito e Asuna, mas acho que mesmo com as cenas de ação e a idéia de falar de realidade virtual foi sensacional.

    Parabéns por mais um episódio e aguardaremos o episódio da segunda temporada.

    • Jorge Augusto

      Tiagão!! Como sempre com um comentário sagaz.

      Eu mesmo demorei um pouco pra assistir SAO, porque eu já tinha assistido animes de VRMMORPG (Overlord), e ele é simplesmente foda, o que não deu vontade de assistir a outros. Porém, quando surgiu na pauta eu fui assistir, e fui fisgado pela história. O foco do relacionamento entre o Kirito e a Asuna é realmente um pouco exagerado, mas a referência são aqueles romances de cavalaria, onde o herói de capa e espada vai salvar a donzela em perigo e o relacionamento dos dois é contado. Mas CLARO que a Asuna está longe de ser a donzela em perigo.

      Obrigado por comentar!!

  • ZeMarcos Dodge

    Buenas xorge, ze e alvaro.

    Estou mandando esse contato do passado so pra avisar que estou maratonando cheguei hj no 44 e em breve comento mais

    • Jorge Augusto

      Opa, Zé Marcos! Obrigado por maratonar conosco. Mas te digo que o José Panão não faz mais parte de nossa equipe desde o começo do ano. Mas continue ouvindo, obrigado!!

  • Excelente episódio, nobres animesféreos. Só a piada com o nome do Dan no início já valeria ouvi-lo, se o restante não tivesse sido tão bom. Mas foi, curti muito escutar e aprender mais um anime para colocar em minha lista.

    Esse conceito de games em realidade virtual, nos quais você pode morrer simultaneamente no jogo e na vida, não é exatamente novo mas bem aproveitado pode sempre render boas histórias. Tá aí Matrix, Décimo Terceiro Andar, Existenz e outros tantos que não me deixam mentir. Acredito até que esse conceito foi uma evolução dos mais antigos (Dreamscape, Hora do Pesadelo…), onde “morrendo no sonho” te faria morrer na vida real.

    Não sou o maior jogador de MMORPGs, também. Joguei MU, Ragnarok e uns outros, mas nunca tive assim aquela paciência de interagir com outros jogadores, o que tornava a experiência pobre para mim (e a culpa é toda minha) mas fiquei interessado na premissa tanto do anime quanto do game (apesar de o último eu ter certeza de que não jogarei).

    Abração, e obrigado por mais essa aula cultural. 8)

    • Jorge Augusto

      Pensador! É sempre muito bom vê-lo por aqui.

      A piada com o nome do Dan foi algo que me pegou de surpresa kkkkkk

      Quanto ao tema, você tem inteira razão sobre. Os temas criados no passado sempre estão evoluindo, e sempre ganhando roupagens novas. SAO me pegou pela premissa de “ser um traço bonitinho” e ao mesmo tempo um tema tão denso quanto sua mente ficar presa em um jogo e se caso você morrer lá, na vida real você também não escapa.

      Quanto ao jogo? Eu até jogaria, MASSSSS o preço dele é grande demais para a minha pequenina carteira. Se você não curte este tipo de jogo, não te culpo. Mas se você quiser jogar um deste tipo para experimentar e ser de graça, convido você a jogar Tera, onde ajudarei você a upar. hahahaha

      Obrigado por comentar!!