Anime Friends: Cobrindo como Imprensa – Firefalcon’s World

Olá Otakus, Otomes e Similares. Vocês sabem que estive cobrindo o Anime Friends, os seis dias, como Imprensa. Foi muito bom, fazia tempo que eu não me divertia com algo a sério.

Enfim, vamos às impressões de cada dia:
08/07
Primeiro dia, todo mundo empolgado, e o dia mais vazio do evento. O palco Arena tinha bandas ótimas como “Pescadores de Água Viva” e “Velvet Moonlight”, o palco “Fantasy” mostrou o início dos trabalhos com o YCC (Yamato Cosplay Cup) e o auditório BCC Brasil Comic Con) teve algumas palestras que eu não participei, afinal de contas, eu estava focado nos cosplayers. O palco “Web Pop Festival”, no final do dia teve uma apresentação dos irmãos Piologo, no qual vieram com o bom humor de sempre e o vídeo onde eles fazem um desafio com uns parceiros deles, e o perdedor tinha que comer “mijelatina”.

Além de me perguntar o que é, vocês acharão que escrevi errado… Mas não. É gelatina feita com urina, e cacete, é uma das coisas mais nojentas que já vi, a pior delas deve ser o tal peixe que eles comeram antes, enlatado e passado da data de vencimento além da conta. Bom, cada um com o seu cada um, né?

09/07
Esse dia foi maia animado, onde eu deixei o palco “Web Pop” completamente de lado (pois na programação não havia nada de interessante, eu não conhecia nenhum deles). Além de focar nos cosplayers no dia anterior (e me arrependo muito de não ter ido às palestras das Editoras Draco, JBC e Nova Sampa), foi o primeiro dia em que eu cobri o show, o do Super Friends Spirit, Especial de Dragon Ball. Claro que me arrependi de não ter participado também da palestra dos dubladores Marco Ribeiro e Duda Espinoza, mas eu teria que escolher…

O cantor de Dragon Ball GT, Ricardo Fábio, fez parte do show, arrancando aplausos entusiasmados do público e o show foi muito bom.

10/07
O primeiro domingo do evento trouxe uma palestra sobre o novo livro de Harry Potter, esqueci novamente o palco dos youtubers e, no final do dia, participei da palestra do Guilherme Briggs. O cara é mesmo gente boa, mas eu infelizmente perdi a fila para o meet and greet dele, o único gratuito no evento. Não cobrindo o show do SFS especial do Digimon (e tendo em mente que os ônibus intermunicipais de domingo demoram pra caramba), fui embora.

15/07
Dia bastante bom, segunda sexta feira do evento. Participei da palestra da Germana (poder feminino mas HQs) e novamente foquei nos cosplayers (e teve alguns muito bons inclusive), mas aproveitei pra fazer bons contatos e conversar bastante com o Saladino, da editora Jambô.

16/07
Com certeza o dia mais lotado (e vejam que estava LOTADO mesmo), e ainda por cima choveu, prejudicando um pouco a cobertura. Claro que tirei ótimas fotos (acho que estou pegando o jeito da coisa), e tentei assistir a palestra que eu queria ver (a Casa do Kame) no palco “Web Pop”, assistindo os amigos da LBTV antes. Quando eu soube que o Nelson não poderia vir porque o voo dele havia sido cancelado e ele não poderia vir, saí imediatamente deste palco e fui pro Auditório, para assistir as palestras da New Pop e da Panini (ainda bem que não perdi).

As fotos que estão junto com a postagem mostram cada um dos lançamentos para mangá (a Panini também falou algumas coisas das HQs americanas, mas eu não entendi nada quando ele explicou).

E, no final, novamente o show do SFS, mas desta vez Cavaleiros in concert. Que show animal! Infelizmente só tenho o registro em áudio, pois acabou a bateria da minha câmera e eu não pude tirar fotos ou filmar nada, o único registro tirei com o meu celular, e não ficou lá essas coisas.

17/07
O dia foi menos lotado, mas não menos complicado de se andar pelo evento. As atrações do dia foram menores, e eu tive a oportunidade de estar com um amigo que teve o Meet and Greet com os atores de Jiban (Kusaka Shouhei) e do Jaspion (Tsutsui Takumi), e mesmo que eu não tenha comprado o pacote, eu vi os autógrafos. Muito bom.

Pouco antes disso eu participei da mesa redonda das editoras de mangá, presentes na palestra estavam o Douglas de Souza (da editora Nova Sampa), Beth Kodama (editora de vários mangás dentro da Panini), Junior Fonseca (responsável pelos mangás e novels da New Pop) e o nosso amigo já conhecido Cassius Medauar – lembrem-se, ele já passou por aqui no AnimeSphere em uma entrevista, no episódio 31, editor de conteúdo da editora JBC.

Foi legal ver como eles reagiam um ao outro frente ao auditório (porque com certeza em particular deve ser bem diferente), e ver como um reagia ao outro frente as novidades e/ou dificuldades do adversário em face do conhecimento à frente, vendo como um prestava atenção nos movimentos do outro, no tom de voz, tentando pescar algo… Bem interessante.

Claro que a melhor situação ali apresentada foi de longe a da Panini, mas era de esperar, devido ao seu tamanho e blockbusters que eles têm conseguido. JBC eu já acompanhava mais de perto, e sei que com o Henshin Drive eles vão conseguir muita coisa interessante; Consegui entender o porque a New Pop havia basicamente sumido das bancas e o porque do mangá que acompanho na Nova Sampa ter um hiato tão grande.

Saí um pouco antes do final (graças a terem acabado as pilhas da minha câmera), mas foi legal acompanhar.

Saldo Total: Para a primeira vez cobrindo um evento (olhem só, comecei já com um grande como o Anime Friends), aprendi muito, não só com prevenções básicas como conseguir algumas coisas com antecedência, e também como conversar com as pessoas tendo em mente que eu estava ali não só pra me divertir, mas também para fazer a propaganda do AnimeSphere.

Um abraço a vocês, e até o próximo artigo!

Você pode gostar...